Biotecnologia é alternativa contra aquecimento global
CI
Agronegócio

Biotecnologia é alternativa contra aquecimento global

Na avaliação de Narciso Barison Neto, presidente da Abrasem
Por: -Leonardo Gottems

Na avaliação de Narciso Barison Neto, presidente da Associação Brasileira de Sementes e Mudas (Abrasem), é preciso ampliar o debate sobre o uso de transgênicos, com o objetivo de esclarecer melhor à população. Segundo ele, os avanços podem ajudar o agricultor a enfrentar as dificuldades relacionados ao tempo e clima.


“Temos tecnologia e condições de produzir de maneira correta. O uso da biotecnologia deve ser encarado como uma alternativa positiva quando o assunto é aquecimento global e riscos com a economia e segurança alimentar mundial”, sustenta o dirigente.


Entre as safras de 1996/97 e 2012/13, dos U$ 24,8 milhões acumulados pelos benefícios do uso de biotecnologias nas lavouras, a cultura do milho ultrapassou U$ 13,6 milhões (ou 55%) deste total. Os números são de levantamento da consultoria Céleres e Céleres Ambiental.


“A discussão é mundial, mas uma das soluções para produzir mais e com responsabilidade está em nossas mãos. E quero crer que seja hora de agir”, finaliza Barison Neto.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink