Biotecnologia poderá curar a ressaca

ALTERNATIVA

Biotecnologia poderá curar a ressaca

Esse pode ser o primeiro probiótico OGM lançado
Por: -Leonardo Gottems
572 acessos

Um produto geneticamente modificado e fabricado pela empresa Zbiotics promete curar, ou amenizar, os efeitos da ressaca no organismo humano. A empresa, no entanto, frisa que este não é um medicamento, mas sim um alimento que pode ser ingerido por qualquer pessoa, inclusive por que não está ressacado.

A empresa começou a vender a bebida à base de bactérias geneticamente modificadas de forma online ainda no mês passado, sendo que a inauguração foi em uma festa, onde bebida alcoólica também foi distribuída. É provável que esse seja o primeiro probiótico geneticamente modificado do mundo, disse a empresa. Sendo assim, é possível que a empresa comece a vender o produto em lojas físicas rapidamente, já que não se trata de um medicamento.

Várias outras empresas do mundo todo especializadas em engenharia genética estão desenvolvendo produtos que buscam a cura de doenças, mas esbarram em suas agências controladoras, como é o caso da Food and Drou Asministration (FDA) dos Estados Unidos, que anualmente barra inúmeras tentativas. Para a Zbiotics, no entanto, a aposta é ir diretamente no consumidor, evitando toda essa burocracia de aprovações e desaprovações.

A pesquisa começou com uma cepa de bactérias comumente utilizada em alguns outros probióticos e também em uma comida japonesa que tem características anti-ressaca. No início apenas uma bactéria foi adicionada na composição original, no entanto, outros fatores tiveram que ter sido levados em consideração para a finalização do produto que já está a venda e pode se tornar o precursor de um mercado de organismos geneticamente modificados (OGMs).


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink