Boas Práticas em expansão


Agronegócio

Boas Práticas em expansão

MS e RO receberam o Programa de Boas Práticas Agropecuárias – bovinos de corte encerrando 2011
Por:
682 acessos
Os Estados de Mato Grosso e Rondônia receberam o Programa de Boas Práticas Agropecuárias – bovinos de corte encerrando 2011. A Embrapa Rondônia lançou o BPA em parceria com a Federação da Agricultura e Pecuária de Rondônia, Faperon/CNA e Governo do Estado de Rondônia.


As linhas de trabalho foram definidas em uma reunião no gabinete da Casa Civil da capital do Estado, com a participação do governador do Estado, Confúcio Moura, do chefe-geral da Embrapa Rondônia, César Teixeira, e de representantes da Secretaria de Desenvolvimento Socioeconomica (Sedes), Secretaria de Agricultura, Emater, Superintendência de Turísmo e Faperon.


Duas propriedades já foram escolhidas como modelos para a implantação das boas práticas e capacitação dos multiplicadores, uma delas em Candeias do Jamari, próximo a Porto Velho, e outra em São Francisco do Guaporé, a 600 quilômetros da cidade.

Ao adotar o programa, o produtor rural poderá identificar e controlar os diversos fatores que influênciam na produção, contribuindo para o aumento do desfrute do rebanho e na redução de perdas, o que resultará em um sistema mais competitivo, com a consolidação do mercado interno e a ampliação das possibilidades de conquistar novos mercados.


O próximo destino do Programa é Sinop. A Embrapa Agrossilvipastoril, de acordo com o coordenador geral do BPA, Ezequiel do Valle, está estruturando o Boas Práticas no Estado.

Enquanto isso, o BPA esteve no Espírito Santo durante o III Congresso de Pecuária Bovina, realizado em Vila Velha, sob a presidência da comissão organizadora, o cardiologista Nabih Amin El Aouar. Com o “Controle de qualidade na empresa rural e desenvolvimento sustentável", Ezequiel do Valle, esteve entre os conferencistas e foi também um dos moderadores do Painel “O impacto da carne bovina na alimentação humana”, apresentado pelo médico cardiologista Marcelo Chiara Bertolami, diretor de Divisão Cientifica do Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia de São Paulo.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink