BOI/CEPEA: exportação sustenta arroba, mas consumo interno fraco pressiona carne

Carne

BOI/CEPEA: exportação sustenta arroba, mas consumo interno fraco pressiona carne

Alento tem sido as exportações de carne in natura, que registram bom desempenho
Por:
41 acessos

Colaboradores do Cepea esperavam que, em 2018, as cotações da arroba e da carne de boi se recuperassem, baseados em projeções que indicavam uma retomada da economia brasileira. Neste primeiro quadrimestre do ano, porém, as cotações seguem sem reação, conforme indicam dados do Cepea.

O alento tem sido as exportações de carne in natura, que registram bom desempenho. Assim, para a arroba do boi gordo, enquanto as vendas externas ainda conseguem sustentar os preços no acumulado parcial deste ano, para a carne, a demanda interna ainda enfraquecida resulta em movimento de baixa de preço um pouco mais intenso.

Do começo do ano até essa quarta-feira, 18, o Indicador do boi gordo ESALQ/BM&FBovespa (estado de São Paulo) variou pouco, registrando mínima de R$ 143,00 (em 28 de março) e máxima de R$ 148,70 (em 10 de janeiro), acumulando ligeira queda de 1,5%. Já para a carne negociada no mercado atacadista da Grande São Paulo, desde o começo do ano, a carcaça casada do boi se desvalorizou 7,8%, de acordo com levantamentos do Cepea.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink