Boi/CEPEA: Maior demanda e menor oferta sustentam preços

Agronegócio

Boi/CEPEA: Maior demanda e menor oferta sustentam preços

Oferta interna de carne bovina no primeiro quadrimestre deste ano foi 37 mil ton menor que 2010
Por:
354 acessos

O Indicador do boi gordo ESALQ/BM&FBovespa fechou a R$ 98,15 nessa quarta-feira, 8, baixa de 0,47% no acumulado de junho (até dia 8). Em um cenário de forte pressão compradora, alguns pecuaristas têm conseguido negociar nos valores máximos devido às escalas encurtadas de parte dos frigoríficos. Isso acaba por aumentar os preços médios ou, pelo menos, por reduzir as quedas. Essa relativa sustentação nos valores está relacionada à capacidade do consumidor de absorver os aumentos que têm sido gerados pelo crescimento da demanda do brasileiro e também pela diminuição da oferta de animais para abate. Considerando-se dados de abate de frigoríficos sob Inspeção Federal divulgados pelo Ministério da Agricultura e de exportação, constata-se que, grosso modo, a oferta interna de carne bovina no primeiro quadrimestre deste ano foi 37 mil toneladas menor que a de igual período de 2010.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink