Boi/CEPEA: Movimento de alta é interrompido
CI
Agronegócio

Boi/CEPEA: Movimento de alta é interrompido

A pressão veio de frigoríficos, que alegam dificuldade para a venda da carne no mercado atacadista da Grande São Paulo
Por:

Os preços do boi gordo, que vinham subindo no correr de novembro, passaram a cair em quase todas as regiões consultadas pelo Cepea nos últimos dias. A pressão veio de frigoríficos, que alegam dificuldade para a venda da carne no mercado atacadista da Grande São Paulo. Assim, o Indicador ESALQ/BM&FBovespa (São Paulo, CDI, à vista) tem registrado quedas consecutivas desde o dia 22. De lá para cá, houve baixa de 4,2%, fechando em R$ 104,61 (com Funrural) nessa quarta-feira, 30. Na avaliação de representantes de frigoríficos consultados pelo Cepea, o enfraquecimento da demanda e a conseqüente redução dos valores de venda de carne inviabilizam a compra de animais nos patamares da primeira quinzena. É importante ressaltar, no entanto, que a oferta de animais para abate ainda é limitada.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.