Boi gordo: Ritmo lento na primeira semana de outubro

Boi gordo

Boi gordo: Ritmo lento na primeira semana de outubro

Mercado do boi gordo mais frouxo no fechamento da primeira semana de outubro
Por:
104 acessos

Mercado do boi gordo mais frouxo no fechamento da primeira semana de outubro. Desde segunda-feira (1/5), o preço da arroba caiu em cinco praças. Na semana anterior foi registrada queda em apenas uma. Em São Paulo as escalas de abate ganharam fôlego devido a melhora da saída do gado confinado e também da oferta remanescente de gado proveniente de Mato Grosso do Sul.

Além disso, em função do feriado do dia 12 de outubro, as indústrias paulistas apertaram o pé nas negociações no início desta semana e agora, melhor posicionadas, algumas já saíram das compras e outras aproveitaram para testar o mercado ofertando preços abaixo da referência.

Em geral, apesar da dificuldade para compor as escalas de abate, a arroba teve pouca firmeza durante o início deste mês em função do lento escoamento da carne bovina. No mercado atacadista de carne bovina com osso o preço do boi casado de animais castrados recuou 1,3% na comparação diária e está cotado em R$9,88/kg. É o menor patamar das últimas quatro semanas. Os cortes desossados vendidos no atacado também estão em ritmo lento. E mesmo com menor oferta de matéria-prima, os preços ficaram estáveis nos últimos sete dias. Ilustrando a dificuldade de escoar a produção.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink