Brasil aguarda decisão da OIE para poder exportar carne

Agronegócio

Brasil aguarda decisão da OIE para poder exportar carne

A perspectiva é que na reunião da OIE, em setembro, possa haver a mudança no status sanitário de Mato Grosso do Sul, mas também do Paraná, Goiás, Tocantins, São Paulo e Minas Gerais, prejudicados pelo foco sul-matogrossense
Por:
95 acessos

O Brasil aguarda a resolução do episódio de febre aftosa em Mato Grosso do Sul - ocorrido em 2005 - para poder exportar carne bovina in natura aos Estados Unidos. Desde aquela ocasião que o processo de certificação brasileira está suspenso. Quando a sorologia do estado ficar pronta, o governo vai encaminhar à Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) o pedido de mudança de status sanitário, possibilitando a retomada das negociações com aquele país. Desde 1999 que a indústria tenta abrir este mercado, impedida com o recorrente surgimento da doença. A perspectiva é que na reunião da OIE, em setembro, possa haver a mudança no status sanitário de Mato Grosso do Sul, mas também do Paraná, Goiás, Tocantins, São Paulo e Minas Gerais, prejudicados pelo foco sul-matogrossense.

Ontem chegou ao País uma missão sanitária do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (Usda) para realizar auditoria no sistema de inspeção de carne. O grupo permanece até o próximo dia 14. A programação da missão prevê visitas às indústrias, aos laboratórios e às superintendências do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento em Mato Grosso, Rio Grande do Sul e Minas Gerais.(


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink