Brasil exporta 64% mais algodão
CME MILHO (DEZ/20) US$ 4,200 (0,72%)
| Dólar (compra) R$ 5,63 (0,59%)

Imagem: Pixabay

EM JULHO

Brasil exporta 64% mais algodão

O que chamou a atenção é que o Paquistão assumiu a primeira colocação como maior comprador
Por: -Eliza Maliszewski
1047 acessos

A Associação Brasileira dos Produtores de Algodão (Abrapa) divulgou os dados de exportação de julho. No mês foram embarcadas 77.213 toneladas totalizando uma receita de US$ 106,92 milhões. O volume embarcado é 64% maior do que o mesmo mês do ano passado.

O que chamou a atenção é que o Paquistão assumiu a primeira colocação como maior comprador do mês, ficando acima de 16 mil toneladas. No primeiro semestre de 2020, Turquia e Vietnã foram os maiores compradores da fibra nacional e neste mês ocuparam a segunda e terceira colocação, respectivamente. Em quarto lugar ficou a Indonésia e a China foi a quinta colocada. 

De agosto de 2019 a julho de 2020 o Brasil exportou 1,945 milhão de toneladas, totalizando uma receita de US$ 3,069 bilhões proveniente das exportações. O volume embarcado nesse período é 49% maior que ao volume embarcado durante toda a temporada 2018/2019. O ranking dos 10 maiores importadores mundiais do algodão brasileiro ao longo da temporada de exportações 2019/2020 traz a China em primeiro lugar (marketshare de 30% do total exportado), seguido do Vietnã (15%), Bangladesh (12%), Paquistão (11%), Indonésia e Turquia (10%), Malásia (5%), Coréia do Sul e Índia (2%) e, finalmente, Tailândia (1%).

A importação de algodão pelo Brasil durante 2019/2020 contabilizou o menor patamar das últimas temporadas, atingindo pouco mais de 1.000 toneladas. O superávit da balança comercial do algodão brasileiro se consolidou em 3 bilhões de dólares na temporada 2019/2020, período entre agosto de 2019 até julho de 2020, o que já era previsto nos últimos meses.

O ranking de maiores produtores de algodão do mundo traz o Brasil na quarta colocação mundial para a temporada 2020/21, depois de Índia, China e Estados Unidos. O Ranking de maiores exportadores mundiais traz o Brasil na vice-liderança com Estados Unidos em primeiro. A previsão para a safra 2019/20 é que o Brasil produza 2,915 milhões de toneladas de pluma e alcance uma produtividade de 1.795 Kg/hectare. A área plantada brasileira é de 1,623 milhão de hectares.
 

Anúncios que podem lhe interessar


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink