Brasil propõe que Argentina adie sobretaxa sobre açúcar


Agronegócio

Brasil propõe que Argentina adie sobretaxa sobre açúcar

Por:
1 acessos

O ministro da Agricultura, Roberto Rodrigues, informou nesta terça-feira (11-03), na cidade de Araçatuba, interior de São Paulo, que propôs a autoridades argentinas o adiamento da decisão parlamentar daquele país de criar um imposto de importação sobre o açúcar. A idéia, segundo Rodrigues, é que, antes de colocar a legislação em prática, haja uma tentativa de negociação entre produtos brasileiros e argentinos em torno do assunto, que cria embaraços para as trocas em âmbito do Mercosul.

Rodrigues, que fez as declarações em entrevista à imprensa, logo após falar na cerimônia que antecedeu a abertura oficial da Feira de Negócios da Agroindústria Sucroalcooleira (Feicana 2003), apresentou a proposta ao governo argentino durante encontro ontem, em Buenos Aires. A Feicana vai até amanhã (13).

A decisão do Senado argentino de sobretaxar em 20% o produto está fundamentada na tese de que serviria para proteger o país de subsídios. O ministro disse, entretanto, que o governo brasileiro é a favor de que se evitem subsídios. No pronunciamento aos empresários do setor sucroalcooleiro, Robrigues afirmou que, caso sejam detectadas irregularidades no setor, o governo irá atuar firmemente com intervenção, e solicitou a ajuda “dos fiéis empresários para estes se organizem e enquadrem os malandros”.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink