Brasil vai vacinar 70 milhões de animais contra aftosa
CI
Imagem: Marcel Oliveira
ANIMAIS

Brasil vai vacinar 70 milhões de animais contra aftosa

Bovinos e bubalinos com até 2 anos de idade devem ser imunizados
Por: -Eliza Maliszewski

Seguindo o Calendário Nacional de Vacinação 2020 a segunda etapa contra a febre aftosa começa no dia 3 de novembro e segue até o final do mês. Devem ser imunizados bovinos e bubalinos com até 2 anos de idade. A expectativa é  imunizar cerca de 70 milhões de animais.

As vacinas devem ser adquiridas nas revendas autorizadas e mantidas entre 2°C e 8°C, desde a aquisição até o momento da utilização – incluindo o transporte e a aplicação, já na fazenda. Devem ser usadas agulhas novas para aplicação da dose de 2 ml na tábua do pescoço de cada animal, preferindo as horas mais frescas do dia, para fazer a contenção adequada dos animais e a aplicação da vacina. 

“Tão importante quanto a vacinação correta é também o preenchimento completo da declaração de vacinação e entrega on-line ou, quando não for possível, presencialmente nos postos designados pelo serviço veterinário estadual nos prazos estipulados, para que a declaração possa ser registrada e o produtor possa cumprir com os compromissos sanitários junto ao órgão de defesa sanitária animal de seu estado”, destaca o chefe da Divisão de Febre Aftosa da Secretaria de Defesa Agropecuária, Diego Viali dos Santos.

Neste ano alguns estados pararam de vacinar contra a doença e esperam evoluir para livres de aftosa sem vacinação em maio de 2021, na Organização Internacional de Saúde Animal (OIE). Além de Santa Catarina, que não vacina desde 2007, passaram a integrar a lista Acre, Paraná, Rio Grande do Sul e Rondônia, além de partes de Mato Grosso e Amazonas. 

A última ocorrência de febre aftosa no Brasil, foi em 2006, no Mato Grosso do Sul. Para manter o país livre da doença o Plano Estratégico 2017-2026 do Pnefa publicou dois documentos que estabelece os procedimentos técnicos que devem ser realizados pelos médicos veterinários oficiais quando da suspeita da doença e um plano de contingência que descreve todos os procedimentos que devem ser realizados quando da confirmação de um foco de febre aftosa no país. 

Os documentos podem ser vistos aqui.

Manual de Investigação de Doença Vesicular

Plano de Contingência para Febre Aftosa


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink