Cadeia do café investe em marketing para ampliar negócios
CI
Agronegócio

Cadeia do café investe em marketing para ampliar negócios

O agronegócio Cafés do Brasil dá início às ações de marketing na Foodex Japão
Por:

Com a participação na Foodex Japão 2007, maior evento de alimentos e bebidas daquele país, que acontecerá de 13 a 16 de março no Centro de Convenções Makuhari Messe, em Chiba, região metropolitana de Tóquio, o agronegócio Cafés do Brasil dá início às ações de marketing deste ano visando a ampliação de negócios e de mercado. Em 2006, os japoneses consumiram 2,3 milhões de sacas de café brasileiro, 27% do total de grãos importados por eles. “Para este ano, estimamos ampliar essa participação para no mínimo 30%, o que representará embarques entre 2,5 milhões e 3 milhões de sacas”, diz Linneu da Costa Lima, secretário de Produção e Agroenergia do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, pasta à qual está vinculado o CDPC – Conselho Deliberativo da Política do Café, órgão integrado por representantes do governo e da iniciativa privada.

Ações como esta participação na Foodex Japão fazem parte do Programa Integrado de Marketing (PIM-2007), do Comitê Diretor de Promoção de Marketing do Café, do CDPC, que este ano conta com recursos do Funcafé no valor de R$ 13 milhões, sendo R$ 5 milhões para o mercado externo e R$ 8 milhões para o mercado interno, com contrapartida da iniciativa privada (produção, comércio, exportação e indústrias de café solúvel e de café torrado e moído).

Internacionalmente, os recursos serão aplicados na participação de feiras, exposições, projetos compradores, road-shows e, inclusive, na preparação para ações durante as Olimpíadas na China em 2008. Internamente, para continuar alavancando o crescimento do consumo no Brasil, os recursos darão continuidade a estratégias como o Programa Café e Saúde; apoio para os Concursos de Qualidade e veiculação de mensagens informativas e educativas sobre o café na mídia de massa, revistas, TV, cinemas. Será também realizado um inédito programa de exposições itinerantes, sobre café, em shopping centers, além de ações no Pan Rio 2007.

Foodex Japão - A participação brasileira na Foodex Japão é liderada pela Agência de Promoção de Exportações e Investimentos (APEX-Brasil) e contará com a presença de cerca de 60 empresas de setores diversos. O estande dos Cafés do Brasil tem 50 metros quadrados, espaço que será divido em sala para reuniões comerciais e áreas para promoção e degustação de cafés. Entre as empresas estão: Café Turmalin, Café Bom Dia, Polly Coffee, Café Tiradentes e a Cooxupé, maior cooperativa de café do mundo.

O mote da participação do agronegócio café será em torno das comemorações dos 100 Anos de Imigração Japonesa no Brasil, em 2008. “Os primeiros 781 imigrantes que desembarcaram em Santos, a bordo do vapor Kasato-Maru, em 18 de junho de 1908, vieram para trabalhar em fazendas de café de São Paulo. A ligação histórica é muito forte”, diz Nathan Herszkowicz, diretor-executivo da ABIC – Associação Brasileira da Indústria de Café, entidade que coordena esta ação no Japão.

Paralelamente à Foodex, será realizado um encontro entre empresários brasileiros e compradores japoneses, com o objetivo de se estabelecer um plano de trabalho conjunto, a ser desenvolvido a partir deste ano e até o final de 2008, visando a ampliação do consumo de cafés do Brasil naquele mercado. Esse trabalho será coordenado por Guilherme Braga Abreu Pires Filho, diretor-executivo do CeCafé – Conselho dos Exportadores de Café do Brasil.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink