Café brasileiro é vendido por US$ 1.700 a saca
CI
Agronegócio

Café brasileiro é vendido por US$ 1.700 a saca

Por:

O leilão de café realizado ontem pela Brazil Specialty Coffee Association (BSCA) bateu mais de um recorde mundial. A saca de 60 quilos mais cara do mundo foi negociada a US$ 1.700, em um lote de 26 sacas. O faturamento total do leilão foi de US$ 474 mil, na venda das 998 sacas participantes do prêmio Cup of Excellence. O preço médio também foi recorde, US$ 475 a saca. No leilão de 2001, o preço médio pago pela saca foi de US$ 400 e o café mais caro foi arrematado por US$ 735 cada saca.

"Isso demonstra que industriais e varejistas do mundo todo estão interessados na alta qualidade. E mostram que confiam no produto brasileiro e estão dispostos a recompensar os produtores que oferecem este produto", diz Marcelo Vieira, presidente da BSCA.

Exportações mensais

As exportações de café do mês de novembro somaram 2,83 milhões de sacas, com uma arrecadação de US$ 143,56 milhões. Em comparação com novembro do ano passado, tanto o volume quanto a receita foram superiores em 8,2% e 11%, respectivamente, segundo o Conselho dos Exportadores de Café Verde do Brasil (Cecafé).

Receita menor

Com os embarques do mês passado, as exportações brasileiras de janeiro a novembro totalizam 24,97 milhões de sacas. O volume é 16,7% maior do que o do mesmo período de 2001. Apesar do volume maior, no acumulado do ano a receita está 8,7% inferior ao mesmo período de 2001. Nos onze meses de 2002 os exportadores registraram receita de US$ 1,21 bilhão em embarques ante US$ 1,32 bilhão do mesmo período de 2001.

"Os números até agora reforçam nossas estimativas de que o Brasil exportará 27 milhões de sacas, com destaque aos embarques de café robusta", diz Guilherme Braga Abreu Pires Filho, presidente do Cecafé. No acumulado do ano, as exportações de robusta somam 3,78 milhões de sacas, 259% superior ao mesmo período de 2001. Já as vendas de arábica totalizam 18,94 milhões de sacas, 4,7% a mais.

Alexandre Inacio


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.