Cafeicultor de Minas Gerais quer solução para as dívidas
CI
Agronegócio

Cafeicultor de Minas Gerais quer solução para as dívidas

Os produtores mineiros cobram a elaboração de planos de apoio ao setor
Por:

A situação crônica de déficit no meio rural e o achatamento da renda do cafeicultor levaram representantes de sindicatos e cooperativas dos municípios do Sul do Estado de Minas Gerais - Jacutinga, Santa Rita do Sapucaí e Carmo de Minas -, a discutir medidas que coloquem o poder público ciente da necessidade de elaborar planos de apoio ao setor, com a redução das taxas de juros, hoje em 8,75%. A reunião aconteceu nessa terça-feira (29-05) na Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Minas Gerais (Faemg).

O movimento dos produtores rurais para aumento de renda nas atividades agropecuárias teve início no Sul de Minas. No dia 27 de março deste ano, produtores de várias cidades mineiras foram à Assembléia Legislativa do Estado de Minas Gerais (ALMG) discutir o assunto e cobrar medidas do poder público. A dívida do setor agrícola brasileiro supera a casa dos R$ 110 bilhões, saldo negativo acumulado desde os anos 80.

De acordo com o presidente da Comissão de Café da Faemg, João Roberto Puliti, agendar audiência com o governador Aécio Neves é uma das estratégias dos produtores rurais. "A intenção é fazer crescer o movimento para que tenha repercussão nacional", afirmou Puliti.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink