Cai ICMS para a mandioca paranaense

Agronegócio

Cai ICMS para a mandioca paranaense

Por:
18 acessos

O Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços (ICMS) recolhido por empresas que produzem fécula e farinha de mandioca foi reduzido de 12% para 3,5% no Paraná. O benefício faz parte de um pacote de medidas anunciadas pelo governador Beto Richa, que inclui ainda o aumento do crédito presumido de ICMS de 60% para 70% na venda de produtos derivados da raiz, a inclusão do polvilho doce na lista de produtos beneficiados e a manutenção da aplicação de 3,5% no crédito presumido para outros derivados. Os benefícios terão validade até dezembro de 2012. De acordo com a Secretaria Estadual da Agricultura, o Paraná tem 202 mil hectares cultivados com raiz de mandioca, 86% são cultivados pela agricultura familiar. As principais regiões produtoras são Paranavaí, Umuarama e Toledo.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink