Cai o volume de negócios no mercado do boi gordo

Boi gordo

Cai o volume de negócios no mercado do boi gordo

Volume de negócios caiu na maior parte das praças pecuárias
Por:
30 acessos

Receba Notícias como esta por email

Cadastre-se e receba nossos conteúdos gratuitamente

O volume de negócios caiu na maior parte das praças pecuárias. Os agentes consultados informaram que a oferta de boiadas diminuiu. Mas, não é somente a queda da oferta, muitos frigoríficos se posicionaram e estão com escalas agendadas até o final do ano. Pouca oferta e pouca procura. 

A somatória destes fatores deixou o mercado parado no fechamento da última quarta-feira (19/12), com poucas alterações nas referências. Para o curto prazo a tendência é de que o volume de negócios não cresça, conforme os feriados de Natal e passagem de ano se aproximam. Para quem tem boiadas para negociar neste final de ano, vale a pena ficar de olho nas escalas dos frigoríficos.

Há frigoríficos com escalas mais “apertadas” pagando preços acima das referências. No mercado atacadista de carne bovina com osso, os preços ficaram estáveis na última quarta-feira (19/12), frente ao levantamento anterior. A carcaça de bovinos castrados ficou cotada em R$10,37/kg.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink