Câmara setorial aprova regulamento para o cacau

Agronegócio

Câmara setorial aprova regulamento para o cacau

A partir da publicação no DOU, a amêndoa de cacau passa a ter um padrão oficial de qualidade adequado à realidade brasileira
Por:
153 acessos
O regulamento técnico da amêndoa do cacau foi apresentado pelos representantes da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva do Agronegócio do Cacau e Sistemas Florestais Renováveis, nesta quinta-feira (3-04), em Brasília. O documento aprovado em encontro nacional foi apresentado à Câmara pela Divisão de Normas Técnicas da Secretaria de Defesa Agropecuária (SDA) do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa); agora vai para a apreciação da Consultoria Jurídica do Ministério e em seguida será publicado no Diário Oficial da União (DOU), informou a fiscal federal agropecuária Karina Fontes Coelho Leandro.


A partir da publicação no DOU, a amêndoa de cacau passa a ter um padrão oficial de qualidade adequado à realidade brasileira. Este projeto teve inicio pelo grupo temático formado pela Câmara Setorial e foi discutido pelo setor por dois anos. Ficou em consulta pública durante 60 dias para avaliação do setor do agronegócio cacau.


O presidente da Câmara Setorial do Cacau, Fausto Lavigne Soares Pinheiro, recebeu e encaminhou para Coordenação-Geral de Apoio às Câmaras Setoriais (CGAC) o documento com a proposta de renegociação da dívida dos cacauicultores. A próxima reunião da Câmara está marcada para o dia 17 de julho.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink