Camex restringe leite uruguaio

Agronegócio

Camex restringe leite uruguaio

Por:
295 acessos

Missão do governo brasileiro desembarca, hoje, no Uruguai, para buscar entendimento sobre a importação de leite em pó do país. Há suspeita de fraude e a Receita Federal investiga a possibilidade de triangulação e de prática de dumping.
Para conter as aquisições, a Camex decidiu, ontem, submeter importações de leite em pó do Uruguai a licenças não automáticas. Segundo o ministro da Agricultura, Reinhold Stephanes, a medida deve-se ao aumento expressivo das compras brasileiras neste ano, que já somam 7 mil toneladas de leite em pó. Em 2008, o Brasil importou 4 mil t. Já há pedidos de mais 14 mil t. A Camex orientou o governo a negociar acordo para a redução voluntária de exportações do Uruguai ao Brasil.
Conforme o secretário executivo do Sindilat, Darlan Palharini, a medida é salutar. "Não é uma barreira, mas temos que ter competitividade para fazer frente aos produtos importados", avalia.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink