Camponeses angolanos apostam no cultivo de arroz
CI
Agronegócio

Camponeses angolanos apostam no cultivo de arroz

Para impulsionar o projeto, o Governo local adquiriu três máquinas de descasque
Por:

Kuito - Mais de mil e quinhentos camponeses associados da província do Bié (Angola) estão apostados no cultivo de arroz, na campanha agrícola 2010/2011, segundo informou nesta quinta-feira (7), no Kuito, o diretor provincial da Agricultura e Desenvolvimento Rural, Marcolino Rocha Sandemba.

O responsável disse que o arroz será cultivado em maior escala nos municípios do Kuemba, Chitembo, Kamacupa e Katabola, pelo fato dos solos destas circunscrições serem férteis para esta cultura.

Para impulsionar o projeto, afirmou, o Governo local adquiriu três máquinas de descasque de arroz que serão distribuídos brevemente aos grandes centros de produção dos municípios do Chitembo, Kuemba, todos com um cada, enquanto as circunscrições de Katabola e Kamacupa terão também uma por estarem próximas.

Marcolino Sandemba sublinhou a necessidade do empresariado local e a Câmara de Comércio e Indústria na região investirem seriamente no cultivo do arroz, para estimular os camponeses a se interessarem na produção e comercialização deste produto.

Referiu que o envolvimento da classe empresarial no cultivo de arroz e outros alimentos na província vai incentivar os camponeses associados e não só a aumentarem a produção, para facilitar as trocas comerciais entre os grandes e pequenos produtores.

O responsável defendeu igualmente a necessidade da construção do pólo industrial do Kunje, município do Kuito (Bié), visando contribuir para o desenvolvimento da indústria agro-alimentar na região.

Marcolino Sandemba disse ser necessário a recuperação da Empresa Fabril de Angola (EFA), onde no passado se fazia a transformação de cereais.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink