Canadá anuncia caso de vaca louca
CI
Agronegócio

Canadá anuncia caso de vaca louca

Por:

O Canadá anunciou a descoberta do primeiro caso de mal da vaca louca em uma década na América do Norte. A divulgação do caso baixou a cotação do dólar canadense, derrubou ações de companhias que vendem produtos com carne e empurrou autoridades americanas e canadenses à TV para tentar acalmar a população. O último caso de doença da vaca louca no Canadá ocorrera em 1993 – daquela vez, era um animal originado do Reino Unido. Ainda não se sabe a origem da vaca deste último caso.

A vaca canadense foi morta sob suspeita de pneumonia em 31 de janeiro numa fazenda da província de Aberta (meio-oeste), principal centro bovino do país. Exames no Canadá não conseguiram descartar a hipótese de que ela tivesse o mal da vaca louca – conclusão a que chegaram, depois, testes feitos na Inglaterra.

O governo canadense anunciou que isolou outras mil vacas da mesma fazenda e que irá matá-las por garantia. “O animal não entrou na cadeia alimentar”, afirmou o ministro da agricultura do Canadá, Lyle Vanclief. O anúncio feito ontem é o segundo tombo seguido tomado pela economia canadense. Semanas atrás, após intenso esforço diplomático, o país conseguiu retirar Toronto da “lista negra” da Sars, a pneumonia asiática. A inclusão, feita pela Organização Mundial de Saúde, derrubara o turismo e os negócios.

Quedas na bolsa

Ontem, em reação imediata, os EUA suspenderam as importações de carne canadense. Mesmo assim, a Bolsa de Nova York registrou quedas no valor de companhias que comercializam carne. As ações do McDonald’s caíram 6%, assim como as da Tyson, maior empresa de carne do mundo (-6% hoje).

Também conhecida como mal de Creutzfeldt-Jakob, a doença foi responsável pela morte de ao menos 80 pessoas na Europa. A idade da vaca identificada no Canadá – oito anos – é justamente a duração que o período de incubação pode ter.

Em 1997, para combater a doença, EUA e Canadá proibiram que rebanhos fossem tratados com carne de outros mamíferos. Assim, o animal morto agora em Aberta pode ter contraído a doença antes da lei. Em 2001, o Canadá suspendeu importações de carne do Brasil mesmo sem que houvesse sido detectado um caso no País. Após protesto do governo brasileiro, a medida acabou revogada.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.