Canavieiros inauguram área para venda de defensivos agrícolas

Agronegócio

Canavieiros inauguram área para venda de defensivos agrícolas

Por:
499 acessos
Depósito para comercialização de defensivos agrícolas beneficiará cerca de 12 mil pequenos e médios produtores de cana de açúcar do estado. A iniciativa é da Associação dos Fornecedores de Cana de Pernambuco (AFCP), por meio da cooperativa dos produtores associados à entidade de classe (COAF), que visa potencializar o comercio de insumos agrícolas a preços diferenciados de mercado.


A nova área, que fica localizada estrategicamente no Recife, no mesmo endereço da AFCP, foi inaugurada nessa segunda-feira (9), pelo secretário estadual de Agricultura e Reforma Agrária, Ranilson Ramos. Segundo o presidente da AFCP, Alexandre Andrade Lima, a iniciativa terá impacto positivo na vida dos pequenos agricultores da Zona da Mata.

Ele justifica que a partir da inauguração do depósito, a cooperativa dos produtores poderá armazenar uma maior quantidade de insumos que comprar das empresas comerciais da área, e, posteriormente, a ação garantirá preços mais acessíveis aos pequenos fornecedores no momento da comercialização individual. “A infraestrutura potencializará os negócios, garantindo uma maior economia nos preços do insumo comercializado aos produtores sócios da COAF”, diz. A questão ambiental também foi observada na construção do depósito.


O armazenamento dos agrotóxicos para aplicação e manipulação em área agrícola atende todos os requisitos ambientais. “O galpão está totalmente adequado às legislações vigentes”, conta o gerente comercial da COAF, Hermano Wanderley. A ampliação das instalações da cooperativa dos produtores, que fica localizada ao lado da AFCP, também será inaugura na solenidade.

“Visamos cada vez mais garantir o melhor atendimento ao produtor”, garante o gerente. Mandioca - Após a inauguração, os dirigentes e associados da AFCP, juntamente com o secretário estadual de Agricultura, Ranilson Ramos, participarão de palestra sobre a produção de fécula de mandioca no Sertão do Araripe. O evento também será realizado na sede da Associação. Há uma possibilidade do segmento de produtores de cana entrar no setor da mandioca. Na verdade, Andrade Lima revela que existe uma possibilidade de parceria.


“Na entressafra da cana, período em que nossa infraestrutura estiver parada, podemos utilizá-la no fomento à indústria da fécula de mandioca no Araripe”, conta.
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink