Cargill expande negócios em óleos industriais e compra SGS Microingredients

Agronegócio

Cargill expande negócios em óleos industriais e compra SGS Microingredients

Nova fábrica sediada em Ponta Grossa permitirá que a empresa aumente o faturamento em aplicações industriais
Por:
4630 acessos

A Cargill assinou nesta quinta-feira, dia 10 de novembro, o contrato para a aquisição da SGS Microingredients (SGS Agricultura e Industria Ltda). A compra faz parte da estratégia de crescimento da empresa no Paraná. Segundo Paulo Hoffmann, gerente geral da Cargill Industrial Specialties no Brasil, o objetivo da empresa é incrementar a atual capacidade produtiva na linha de produtos industriais, bem como aquisição de capacitações não existentes nos ativos atuais da Cargill. “A planta traz capabilidades e processos complementares que agregam valor à cadeia já existente em Especialidades Industriais, atendendo melhor às necessidades do mercado”, explica.

Os resultados da Cargill nesse setor nos últimos anos foram expressivos e acima da média do mercado. “Atualmente, a empresa tem um importante posicionamento dentro do mercado de óleos industriais, apresentando soluções inovadoras, de alto valor agregado e boa percepção por parte dos clientes. Nosso objetivo é ser líder no fornecimento de biosoluções e bioprodutos em substituição aos óleos derivados do petróleo”, ressalta Hoffmann.

A SGS Agricultura, sediada em Ponta Grossa (PR), processa e produz oleoquímicos e emulsificantes para os segmentos alimentícios, nutrição animal e industrial no mercado doméstico e para exportação. Com capacidade produtiva na casa de 56 mil toneladas/ano, a fábrica possui 80 funcionários que serão contratados pela Cargill.

O negócio de óleos industriais da Cargill atua também em Mairinque, onde a planta está no limite da produção. A fábrica com aproximadamente 90 funcionários não sofrerá impactos com o crescimento do negócio, já que a Cargill tem investido nessa área visando o aumento da capacidade produtiva e ampliação do seu portfólio global. A conclusão da transação depende de aprovações regulatórias do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE).


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink