Carne de frango: exportação das cooperativas nos nove primeiros meses de 2016

Agronegócio

Carne de frango: exportação das cooperativas nos nove primeiros meses de 2016

Embora tenham aumentado suas exportações em 17%, as cooperativas operam, até aqui, com um preço médio 18% inferior ao de idêntico período de 2015
Por:
236 acessos

Embora tenham aumentado suas exportações em 17%, as cooperativas operam, até aqui, com um preço médio 18% inferior ao de idêntico período de 2015. Em decorrência, a receita cambial obtida com a venda externa de carne de frango nos primeiros nove meses do ano permanece negativa em pouco mais de 1%.

Exceto pelo volume, os resultados não são bons. Pior ainda quando se verifica que o preço médio dos quatro itens exportados vem sendo inferior ao das exportações globais de carne de frango. 

Com isso, o índice de recuo na receita cambial das cooperativas só consegue ser ligeiramente melhor que o da a receita global (que, entre janeiro e setembro, apresenta queda de 3,5%) porque o frango inteiro, item de menor valor, representa menos de 2% do total exportado pelas cooperativas (nas exportações globais, a participação do frango inteiro é superior a 30%). Apesar disso, a carne de frango continua tendo participação fundamental nas vendas externas das cooperativas. Os cortes de frango (quase 90% do volume total) permanecem como item principal da pauta exportadora.

Em nove meses, a receita gerada pelo frango exportado representou 21,39% da receita cambial global das cooperativas, participação 1,63% superior à registrada em idêntico período de 2015. Já em relação às exportações brasileiras totais de carne de frango a participação das cooperativas aumentou 2,55%, correspondendo a 16,63% da receita cambial do setor.

 


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink