Carne de frango: produção pode crescer 4,2% ao ano até 2022
CI
Agronegócio

Carne de frango: produção pode crescer 4,2% ao ano até 2022

Até 2022 a produção brasileira de carnes pode aumentar 40%
Por:
Resultados ainda preliminares de estudo coordenado por José Garcia Gasques, responsável pela área de Planejamento Estratégico do Ministério da Agricultura, sugerem que entre 2012 e 2022 a produção brasileira de carnes pode aumentar 40%.

A liderança deve permanecer com a carne de frango, com estimativa de incremento de 4,2% ao ano, seguida pelas carnes bovina e suína, cada uma com expansão média de 2% ao ano.

O único grande senão dessa história, tanto para a avicultura como para a suinocultura, é que para a produção de grãos está previsto um crescimento médio de 22%. E, aqui, a soja continuará sendo o carro-chefe, com expansão média anual de 2,3% ao ano. Depois vem o trigo, com 1,9% ao ano, e só a seguir é que aparece o principal insumo do setor, o milho, com evolução estimada em 1,8% ao ano.


Embora sem se referir especificamente a esse paradoxo (volume de carnes aumentando substancialmente mais que o volume de grãos necessários para produzi-las), Gasques considera que “esses dados são importantes, porque exigem um conjunto de ações e medidas que o governo deverá adotar para que as projeções se concretizem”.


Clique aqui para acessar a íntegra do comunicado do MAPA com projeções sobre a futura produção agropecuária brasileira.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.