Casa do Algodão muda de sede e Laboratório inicia trabalhos

Agronegócio

Casa do Algodão muda de sede e Laboratório inicia trabalhos

O laboratório tem estrutura para analisar 5 mil amostras por dia
Por: -Janice
1922 acessos
A Casa do Algodão está com novo endereço em Goiânia. Construída na Rua da Pátria, nº 230, Bairro Santa Genoveva, a nova sede possui um espaço mais amplo e oferece mais conforto e novos serviços aos cotonicultores de Goiás, como um dos mais modernos Laboratórios de Classificação Visual e HVI do Brasil. Ela também abriga em um mesmo local os escritórios da Associação Goiana dos Produtores de Algodão (Agopa), do Fundo de Incentivo à Cultura do Algodão em Goiás (Fialgo) e da Fundação de Apoio à Pesquisa e Desenvolvimento Agropecuário de Goiás – Fundação Goiás.

Acompanhando o desenvolvimento e o crescimento da cadeia produtiva do algodão, a Agopa construiu o Laboratório de Classificação Visual e HVI, que conta com o mais moderno maquinário do mercado. Os trabalhos iniciaram na primeira semana de junho com todos os profissionais aptos a realizar o trabalho de classificação. O laboratório tem estrutura para analisar 5 mil amostras por dia e a estimativa é que até o final da safra 2010/2011 sejam analisadas um total de 500 mil amostras.

Além do Laboratório de Classificação, a nova sede da Casa do Algodão também oferece maior conforto ao produtor, como a sala do cotonicultor – onde o produtor pode reservá-la como uma extensão de seu escritório, quando estiver em Goiânia -, auditório com capacidade para 50 pessoas e sala de reuniões.

Serviço:

Casa do Algodão e Laboratório de Classificação Visual e HVI
Local: Rua da Pátria, nº 230, Bairro Santa Genoveva
Horário de funcionamento: 8 às 18 horas, de segunda a sexta-feira
Mais informações pelo telefone da Casa do Algodão: (62) 3241-0404
Mais informações sobre o Laboratório de Classificação Visual e HVI: falar com o gerente, Rhudson Assolari, pelo telefone (62) 8101-0984 ou pelo e-mail rhudson.laboratorio@agopa.com.br.

As informações são da assessoria de imprensa da Casa do Algodão.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink