Cetaj encerra as atividades de 2011
CI
Agronegócio

Cetaj encerra as atividades de 2011

O curso sobre a utilização de plantas bioativas marcou o término das ações
Por:
Foram encerradas na última semana as atividades de 2011 do Centro de Treinamento de Agricultores do Alto Jacuí. O curso sobre a utilização de plantas bioativas marcou o término das ações e reuniu um seleto grupo de agricultores, que durante três dias participaram de aulas práticas e teóricas com o objetivo de capacitar pessoas na identificação e indicação das plantas medicinais, aromáticas e condimentares para uso humano, animal e agrícola.


O grupo também trabalhou com a identificação, o reconhecimento e a forma de uso de mais de 70 espécies de plantas bioativas. Outro destaque foi a elaboração de mais de 20 receitas. Entre elas: cristais de gengibre, sal temperado, vinagre aromatizado, repelentes, cremes, pomadas, xarope.

Para o coordenador do Cetaj, Celso Siebert, o curso sobre plantas bioativas oportuniza uma alternativa de renda familiar. "Também é uma forma de incentivar a qualidade de vida através do uso correto das plantas medicinais, aromáticas e condimentares e a melhoria do ambiente, tendo em vista uma visão agroecológica".


Cetaj realizou 11 cursos em 2011
Em 2011, o Centro de Treinamento de Agricultores do Alto Jacuí desenvolveu 11 cursos, todos eles na Casa da Família Rural, localizada no parque da Expodireto Cotrijal, em Não-Me-Toque. Os cursos oportunizam que agricultores, associados da Cotrijal, desenvolvam atividades com o objetivo de qualificação profissional e qualidade de vida.

A realização dessas ações faze parte de uma parceira entre a Cotrijal e a Emater/RS ? ASCAR, que possibilita que os cursos possam ser desenvolvidos sem custos para os cooperados. Na avaliação de Celso Siebert, os objetivos traçados para 2011 foram alcançados com a realização de 11 cursos, dos 12 programados. "Estamos elaborando a programação para o ano de 2012, com o objetivo de inovar em algumas áreas/cursos, procurando cada vez mais o aprimoramento, o crescimento e a busca de resultados, atendendo as expectativas dos produtores (alunos)", diz.


O gerente de Desenvolvimento Cooperativista, Enio Schroeder, reforça para o próximo ano a parceira entre a Cotrijal e a Emater, evidenciando que em 2011 bons cursos foram desenvolvidos e um bom número de associados foi capacitado. "Tivemos resultados satisfatórios neste ano, com boas turmas e cursos excelentes. Agora queremos planejar as ações do próximo ano e dar continuidade a esse trabalho, levando informações e qualidade de vida para o nosso quadro social", comenta.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.