China amplia compras de algodão


Agronegócio

China amplia compras de algodão

Por:
1 acessos

Maior demanda interna provocou elevação de preços da matéria-prima. A China aumentou a estimativa de importação de algodão para o ano comercial que se encerra em 31 de julho em 38% porque uma maior demanda das empresas do setor têxtil fez com que as cotações do algodão doméstico ficasse mais caro, segundo dados divulgados pelo governo chinês.

A expectativa agora é de que a China possa importar 550 mil toneladas de algodão no atual ano comercial, uma alta de seis vezes em comparação com as 98 mil toneladas de igual período do ano anterior, segundo dados divulgados ontem de um relatório da Beijing Orient Agribusiness Consultant Co., uma afiliada do Ministério da Agricultura.

Fabricação de roupas

A produção de algodão da China para fabricação de roupa aumentou 11%, no primeiro trimestre, para 2,7 bilhões de metros, segundo relatório. As exportações de têxteis e de peças de vestuário pronto do país asiático aumentou cerca de 23% nos dois primeiros meses deste ano, totalizando US$ 9,6 bilhões, segundo dados constantes no relatório.

"A demanda das fábricas têxteis tem sido enorme", o que elevou os preços domésticos acima daqueles das importações em cerca de 500 yuans (US$ 61), comparados com um desconto de 1.000 yuans do fim de 2002, informou ontem o analista da Beijing Orient, Wang Xiaohong.

Aumento repentino

As importações de algodão do país asiático estão aumentando repentinamente devido ao crescimento da demanda dos exportadores, cujas vendas avançaram desde que a China ingressou na Organização Mundial de Comércio (OMC), em dezembro de 2001. Membros da instituição flexibilizaram as restrições sobre cotas de exportações da China, o que ajudou a elevar as vendas de têxteis.

A China importou 260 mil toneladas de algodão nos oito primeiros meses do ano comercial, 60% delas dos Estados Unidos, informou a Beijing Orient.

As importações vão crescer até o fim de julho porque a nova safra da China "não estará disponível até outubro e a oferta de algodão doméstico parece fraca", declarou o órgão governamental chinês.

Anúncios que podem lhe interessar


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink