China concede registro ao protioconazol

MUNDO

China concede registro ao protioconazol

Produto que tem o maior mercado localizado no Brasil
Por: -Leonardo Gottems
220 acessos

O Instituto de Controle de Agroquímicos do Ministério de Agricultura da China (ICAMA) anunciou uma série de produtos técnicos para pesticidas que terão seus registros concedidos nos próximos meses, incluindo o protioconazol, cujo principal mercado se localiza no Brasil. Além do protioconazol mais oito produtos também terão seu registro concedido. 

O protioconazol é um novo fungicida triazolthione que não é apenas sistêmico, mas atua também na proteção e cura, com alta atividade fungicida. Ele também tem a função aparente de aumentar o rendimento das culturas. Em comparação com o fungicida triazol, o protioconazol tem um espectro mais amplo de atividade fungicida. 

Outro produto técnico que será registrado na China é o afidopiropen, que oferece as características de ação rápida, alta eficiência e amplo espectro. Ele interfere com o órgão de cordotonal do inseto, o que faz com que o inseto perca a sensação de reação à gravidade, equilíbrio, som, posição e movimento, resultando na epicofose e perda de direção, levando à perda de alimento e água e, assim, fazendo com que o inseto morra de fome.  

Além desses, serão Valifenalato, o Penthiopyrad, o Spirodiclofen diester, Benzovindiflupir, Benalaxil-M, Fluensulfona  e a Piroxassulfona, todos elementos que já são comercializados livremente em outros países que são grandes produtores. Não existe ainda um prazo para que esses produtos tenham seus registros concedidos e nem se eles serão escolhidos todos ao mesmo tempo. 

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink