MAIS TECNOLOGIA

China copia EUA e evolui na produção suína

Grandes empresas fazem parceria com pequenos suinocultores
Por: -Leonardo Gottems
135 acessos

A China é há muito tempo o maior produtor mundial de suínos, mas ultimamente a produção tem evoluído e os chineses têm copiado o modelo americano de produção segundo informações do site Farm Journal's Pork.

"Empresas grandes e verticalizadas estão se expandindo muito rapidamente na China, mais precisamente com contratos arranjados e dando garantias ao produtor, como nos EUA", diz o serviço agrícola externo do Departamento de Agricultura dos EUA (USDA).

Nos contratos americanos, as grandes empresas constróem as instalações para partos, mas essas operações são terceirizadas aos pequenos produtores, que recebém os animais e todos os insumos com o preço mínimo garantido. De acordo com o USDA, a estratégia está dando certo.

"O crescimento no setor está excedendo saída de produtores do negócio, uma tendência que dirigirá os estoques em 2017 e 2018", afirma o USDA.

A China perdeu 55 milhões de cabeças de suínos para 420 milhões nos últimos cinco anos, mas deve haver uma recuperação de 27 milhões de cabeças em 2018, segundo a previsão do órgão norte-americano.

Outras mudanças registradas no país Asiático são alta tecnologia genética e melhora do manejo para que os animais cresçam mais rápido e sejam mais saudáveis também com sistema de alimentação automática e sistemas de monitoramento. Para o USDA, isso baixará os custos na China e aumentará o peso dos animais lá produzidos.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink