China diminui quantidade de pluma importada do Brasil
CI
Agronegócio

China diminui quantidade de pluma importada do Brasil

A China participou com 55% das importações mundiais no ciclo 2011/12
Por:
A China participou com 55% das importações mundiais no ciclo 2011/12
 
O boletim semanal do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea) informou que os países asiáticos, devem desacelerar as compras da pluma do estado devido ao grande estoque. A China participou com 55% das importações mundiais no ciclo 2011/12, comprando 5,2 milhões de toneladas. No entanto, no próximo ciclo deve reduzir para 35%, absorvendo apenas 2,6 milhões de toneladas, segundo a estimativa do International Cotton Advisory Committee (Icac).

No total comprado pelos chineses no ciclo 2011/12, o Brasil participou com apenas 6,6% do volume, foram 343 mil toneladas. "A China é um cliente relativamente novo para o Brasil, e bem exigente na qualidade, demandando principalmente o tipo 31/3, qualidade acima do tipo base", consta no boletim.

No ano comercial da safra 2010/11, nos meses de julho de 2011 a junho de 2012, o Brasil exportou 1,03 milhão de toneladas de algodão em pluma. O mês de maior embarque da safra 2010/11 ocorreu em outubro de 2011, quando o Brasil embarcou 174,5 mil toneladas.

Brasil

O Imea estima que no ano de 2012 as exportações superem o volume enviado para o exterior em 2011 em 32%. Até junho o Brasil exportou 226,3 mil toneladas, 23% da quantidade estimada pela Conab no último relatório, que foi de 1 milhão de toneladas de pluma.

Benficiamento

O beneficiamento da pluma está ocorrendo nos principais estados produtores e o volume das exportações do país deve reagir no mês de julho. O aquecimento nas exportações é sustentado pela demanda dos países asiáticos.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink