China perde posto de maior importadora de algodão do MT
CI
Agronegócio

China perde posto de maior importadora de algodão do MT

Para a safra 2014/15, o consumo mundial deve se elevar 3,3%
Por: -Janaína

A China já não é mais a maior importadora da pluma do Estado. Entretanto, sua retração foi em parte suprida pela maior participação de outros países asiáticos, como a Malásia, Coreia do Sul, Indonésia, entre outros. 
Vale ressaltar que os países citados tem aumentado sua demanda, principalmente devido ao crescimento econômico e populacional, nem sempre o algodão que vai para esses países é industrializado neles. 

Parte do produto importado por países asiáticos acaba tendo seu destino final na China. Para se importar de países asiáticos, os tributos que o governo chinês impõe são menores quando comparados aos tributos atribuídos à importação de outros países, o que transforma alguns países asiáticos em mediadores do algodão que entra na China. 

De acordo com o Instituto Mato Grossense de Economia Agropecuárias (Imea), Apenas em março, 96% da pluma exportada pelo Estado foi para a Ásia.

Para a safra 2014/15, o consumo mundial deve se elevar 3,3%, atingindo 24,3 milhões de toneladas.

*Com informações IMEA

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink