China pode prorrogar o prazo para a certificação da soja brasileira
CI
Agronegócio

China pode prorrogar o prazo para a certificação da soja brasileira

Por:
Uma das pressões sobre o governo para resolver o impasse dos transgênicos no Brasil poderá ser amenizada. Isto por que o maior comprador individual da soja do país, a China pode estender em seis meses o prazo para aceitar a certificação provisória do grão.


Carlo Lovatelli, presidente da Associação Brasileira da Indústria de Óleos Vegetais e também da Associação Brasileira de Agribusiness (ABAG), afirmou que já há sinalizações da boa vontade do governo chinês. O país irá comprar cinco milhões de toneladas do Brasil nessa safra e não consegue esse volume a preços competitivos em outros destinos.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.