China segue comprando soja dos EUA com desconto
CME MILHO (DEZ/20) US$ 3,702 (-2,12%)
| Dólar (compra) R$ 5,40 (0,44%)

Imagem: Ivan Bueno/APPA

COMÉRCIO GLOBAL

China segue comprando soja dos EUA com desconto

“Os prêmios para a nova safra de soja dos EUA no Golfo e no PNW recuaram"
Por: -Leonardo Gottems
702 acessos

A soja dos Estados Unidos continua a ser negociada com desconto à medida que os prêmios caem, de acordo com o que informou a T&F Consultoria Agroeconômica. A demanda chinesa permaneceu em grande parte retraída, com interesses esporádicos de compra tanto para a soja dos EUA quanto para a brasileira, apesar dos prêmios mais fracos. 

“Os prêmios para a nova safra de soja dos EUA no Golfo e no PNW recuaram ligeiramente graças à boa originação, depois que os futuros de soja CBOT subiram para o nível mais alto em cinco meses na segunda-feira. As ofertas para o embarque de novembro no Golfo em base CFR foram de 225-226 c/bu sobre os futuros de novembro, enquanto o mesmo embarque da PNW foi de 213-216 c/bu sobre os futuros de novembro”, comenta a consultoria. 

Pelo menos duas cargas foram negociadas no Golfo na terça-feira para embarques entre outubro e novembro deste ano em 215-220 c/bu sobre os futuros de novembro. “No entanto, vários comerciantes lançaram dúvidas e pensaram que os preços negociados seriam muito baixos em comparação com os níveis negociáveis entre 220-225 c/bu sobre os futuros de novembro”, completa. 

Para abril de 2021 os embarques de soja brasileira da nova safra de 130 c/bu sobre os futuros de maio versus ofertas em 135-138 c/bu sobre os mesmos futuros. “O indicador CFR China para embarques de outubro do Brasil caiu 4 c/bu no dia para 241 c/bu sobre os futuros de novembro, o que equivale a US $ 423,50/mt, abaixo de US $ 3,25 /mt em relação à avaliação anterior. A taxa de câmbio entre o renminbi chinês e o dólar americano caiu para o menor nível desde o final de janeiro deste ano em CNY6, 9 por dólar americano, impulsionando as margens de esmagamento na China”, conclui. 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink