Chuva estende o final da safra da cana na região de Ribeirão Preto
CME MILHO (DEZ/20) US$ 4,200 (0,72%)
| Dólar (compra) R$ 5,63 (0,59%)


Agronegócio

Chuva estende o final da safra da cana na região de Ribeirão Preto

Segundo empresários, incidência pluviométrica prejudicou o trabalho das colheitadeiras
Por:
1306 acessos
Segundo empresários, incidência pluviométrica prejudicou o trabalho das colheitadeiras
As chuvas dos últimos dias atrasaram o final da safra da cana-de-açúcar.

A Usina Pitangueiras, localizada em Pitangueiras, previa encerrar a moagem no próximo dia 30 deste mês, mas adiou a data para 8 de novembro.

"Com as chuvas, as máquinas não conseguiram entrar nos canaviais", afirma José Pedro Andrade, diretor da companhia.

Assim como a Pitangueiras, outras fábricas, que estimavam encerrar antes a safra, tiveram que prorrogar para meados de novembro.

Sérgio Prado, representante regional da União da Indústria de Cana-de-Açúcar (Unica), confirma para novembro o término da moagem nas usinas associadas à entidade.

Geralmente, a safra acaba em dezembro, mas, nesse ano, o corte foi acelerado por conta da estiagem registrada até setembro.

Desligamentos

O final antecipado da safra acelera também os desligamentos pela substituição por máquinas.

"Os empregos vão cair 30% a partir de 2011", afirma Silvio Palviqueires, presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Ribeirão.

O avanço da mecanização no corte da cana está previsto pelo chamado Protocolo Ambiental, no qual as usinas preveem o fim de queimada nos canaviais até 2014 em áreas mecanizáveis.

Anúncios que podem lhe interessar


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink