Chuva resulta em safra de melão 50% menor
CI
Agronegócio

Chuva resulta em safra de melão 50% menor

Por:

Excesso de chuva causou redução no tamanho da fruta

O excesso de chuva deverá provocar redução da área de melão no Estado. O recuo poderá chegar a 50% em relação aos 689 hectares cultivados na safra passada. Segundo o assistente técnico para fruticultura da Emater, Paulo Lipp, a qualidade da fruta também está sendo afetada pelos ataques de fungos e pela falta de luminosidade. Com os dias nublados, o melão está menos doce nesta safra.

Na região da campanha, responsável por 22% da área no Estado, os produtores estimam colher apenas 80 hectares. Na safra anterior, foram 156 hectares. A projeção de redução de área se repete em Canguçu, onde eram plantados 20 hectares.

A quebra já se confirma em dois municípios produtores na região Metropolitana, que representa 38,31% da área de melão no RS. Em Nova Santa Rita, a perda chega a 60% dos 176 hectares, onde a estimativa era colher 3 mil toneladas. A colheita termina em janeiro, mas o rendimento não passará de 17 toneladas por hectare, frente às 24 t/ha da safra 2001/2002. O fruto também está abaixo do peso ideal, de 1,5 quilos, ficando próximo a um quilo.

O município de São Jerônimo confirmou redução de 40% na safra deste ano. Uma das poucas regiões gaúchas em que o melão não sofreu com o excesso de chuva foi a Serra. Os pomares de Bento Gonçalves, distribuídos em 40 hectares, estão evoluindo dentro da normalidade.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.