Chuvas elevam em até 100% os preços de legumes em Campo Grande/MS

Agronegócio

Chuvas elevam em até 100% os preços de legumes em Campo Grande/MS

Um dos destaques em reajustes foi o pimentão
Por: -Rosana Siqueira
274 acessos

As chuvas que assolam a região Sudeste já provocaram aumento de até 100% nos preços de legumes que são comercializados em Campo Grande. Na Capital 70% do abastecimento destes produtos é proveniente de outros estados.

Um dos destaques em reajustes foi o pimentão. A caixa com 15 kg do produto que antes chegava aos centros de distribuição da Capital por R$ 15 agora varia de R$ 25 a R$ 30. Outro exemplo da inflação nos legumes é o tomate. A caixa de 25 kg do produto que saia por R$ 25, agora chega aos distribuidores cotada de R$ 40 a 45.

As folhosas também não escaparam das altas. A chuvarada não deu trégua às hortas existentes na periferia de Campo Grande e os estragos acabaram refletindo nos preços. A caixa de alface, por exemplo, já está chegando em média 70% mais cara aos sacolões e supermercados da cidade. O custo passou de R$ a R$ 10 para R$ 12 a R$ 17.

Segundo o gerente da loja da Coopgrande, Cloilton Braim, os produtores de hortaliças que possuem plantações no entorno da Capital já começam a reclamar das chuvas. “A ocorrência de chuvas seguidas de período de sol afetam as verduras e cozinham as folhas. Outra situação é que como chove todo dia não tem luminosidade, essencial para o crescimento das plantas. O tempo nublado prejudica o desenvolvimento destas hortaliças”, explica.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink