Chuvas irregulares afetam o plantio de grão em Goiás
CI
Agronegócio

Chuvas irregulares afetam o plantio de grão em Goiás

Acumulados abaixo da média comprometem as lavouras de soja no Centro-Oeste
Por:
Acumulados abaixo da média comprometem as lavouras de soja no Centro-Oeste

A segunda quinzena do mês de outubro começou com chuvas ainda muito irregulares e em geral abaixo da média para o período entre o Sudeste e Centro-Oeste. Na semana passada essas regiões tiveram apenas episódios de chuvas isolados, que ainda não representam a regularização do período das águas e compromete o plantio das lavouras de verão, especialmente a lavoura de soja.


Uma das áreas mais afetadas pela falta de chuvas constantes é o sul de Goiás. Em Rio Verde – GO, município localizado há 230km da capital Goiânia. O acumulado de chuvas de outubro na cidade é de apenas 23 mm, quando a média para o mês é de 163 mm. Ou seja, nos primeiros 20 dias do mês choveu menos que 15% do que era esperado para o mês inteiro. No mesmo período do ano passado o volume a 263 mm.

Outra região muito afetada pela seca é o Nordeste, especialmente entre a Bahia, Maranhão e Piauí, que são as grandes áreas produtoras de grãos. No oeste baiano e no sul maranhense ocorreram chuvas na semana passada, porém ainda foram irregulares, fracas e insuficientes para repor a umidade do solo e oferecer condições de plantio.


Em Luis Eduardo Magalhães - BA o acumulado de chuva em outubro é de apenas 25 mm, o que contrasta com a condição observada no ano passado, quando nesse mesmo período choveu 186 mm. A média de chuva neste mês é de 85mm na cidade. Em Balsas - MA a situação é parecida e crítica, os produtores também esperam pela chuva, que nos últimos 20 dias foi de apenas 10mm, quando deveria ter chovido cerca de 80mm.

Segundo o climatologista da Somar, Paulo Etchichury, água disponível no solo em função das chuvas de outubro, apresenta uma condição boa nos estados do Sul do Brasil e em Mato Grosso do Sul. Enquanto isso, por causa da irregularidade das precipitações, em Mato Grosso, Goiás e São Paulo e Minas Gerais os índices de água no solo são irregulares e em geral abaixo de 30%.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink