Chuvas seguem até quarta-feira
CI
Imagem: Pixabay
VEJA ONDE

Chuvas seguem até quarta-feira

Confira as áreas com maior potencial para chuvas abrangentes e volumosas
Por: -Leonardo Gottems

Na terça-feira (15), prevê O meteorologista Tiago Robles, o “sistema frontal já se encontra afastado no oceano, mas uma região de cavado mantém o tempo instável no Centro-Sul, com chuvas de moderada intensidade já pela manhã no norte e noroeste do Paraná, e fracas no leste paranense e norte de Santa Catarina. No norte e oeste paulista, também há possibilidade de chuvas de fraca à moderada intensidade”.

“No período, as instabilidades se desenvolvem e se espalham na mesma região de que o dia anterior, porém ocorrendo de forma mais isolada. As áreas com maior potencial para chuvas abrangentes e volumosas são: o estado de São Paulo, sul do Mato Grosso do Sul e todo o norte e leste do Paraná”, complementa o especialista da Meteored.

QUARTA-FEIRA

Há potencial para temporais já no início da manhã de quarta-feira no oeste e noroeste do Paraná e no sul do Mato Grosso do Sul: “As chuvas intensas e o potencial para transtornos se mantêm ao longo da manhã para essas áreas e, no final do período, se estendem para o norte paranaense, regiões de divisa do estado de São Paulo, oeste paulista e para o oeste de Santa Catarina”. 

“Por volta do meio da tarde, áreas de baixa pressão se formam próximo à costa da Região Sul e ao norte do Mato Grosso do Sul, o que favorece o desenvolvimento das instabilidades em praticamente todo o Centro-Sul. Alerta de chuvas intensas entre a metade e o fim da tarde para a metade norte do Rio Grande do Sul, estado de Santa Catarina e do Paraná, centro-sul do Mato Grosso do Sul, oeste, centro-sul e leste de São Paulo”, acrescenta.

“No período da noite, o alerta de chuvas volumosas fica somente para o litoral norte e serra gaúcha e toda a faixa leste de Santa Catarina. No período decorrente desta 72h, os acumulados podem superar facilmente os 100 mm, com destaque para o oeste da Região Sul, norte do Paraná e região paulista de divisa com o território paranaense”, conclui a Meteored. 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink