Cientistas estudam deficiências em caprinos

PESQUISA

Cientistas estudam deficiências em caprinos

"Além de detectar deficiências minerais precoces, essa é uma boa ferramenta para orientar e ajustar a suplementação mineral"
Por: -Leonardo Gottems
230 acessos

Uma equipe de pesquisadores do Instituto Nacional de Tecnologia Agropecuária da Argentina (INTA) analisou o perfil mineral das cabras de cinco províncias argentinas e as relacionou com as principais doenças diagnosticadas. De acordo com os pesquisadores responsáveis, esta informação será usada para ajustar a suplementação nas diferentes regiões do país. 

Eles explicam que as cabras sofrem regularmente uma série de doenças causadas por deficiências minerais. Nesse cenário, um diagnóstico correto da condição, somado à análise do perfil mineral, servirá para ajustar a suplementação nas diferentes regiões do país e poderá também auxiliar em pesquisas para outros países. 

De acordo com Carlos Rossanigo, especialista em saúde animal INTA San Luis e um dos pesquisadores responsáveis pelo estudo que foi realizado em cinco províncias da Argentina, o grupo conseguiu caracterizar o soro dos animais em sistemas de produção reais. "O perfil mineral dos animais é o resultado da relação entre solo, planta e animal", comenta ele. 

"Além de detectar deficiências minerais precoces, essa é uma boa ferramenta para orientar e ajustar a suplementação mineral em diferentes regiões caprinas do nosso país. Os sintomas para assistir pode se tornar confuso no diagnóstico e, consequentemente, desorientando quem tem essa tarefa”, indica. 

O estudo consistia em obter resultados serológicos de cálcio (Ca), magnésio (Mg), cobre (Cu) e zinco (Zn), isto é, o perfil mineral 5600 cabras pertencentes a 279 propriedades. "Era importante avançar nessa caracterização porque na Argentina não tínhamos valores de referência nacionais de animais em sistemas reais de produção", conclui.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink