Algodão

Cinco variedades de algodão colorido são apresentadas na Tecnofam 2018

Embrapa Agropecuária Oeste, em parceria com a Embrapa Algodão, irá demonstrar para aqueles que visitarem a Tecnfam 2018 em Dourados
Por:
1154 acessos

A Embrapa Agropecuária Oeste, em parceria com a Embrapa Algodão, irá demonstrar para aqueles que visitarem a Tecnfam 2018 em Dourados, MS, de 17 a 19 de abril, as cultivares de algodão colorido BRS Jade, BRS Safira, BRS Topázio, BRS Verde e BRS Rubi. O algodão colorido é um produto diferenciado para a agricultura familiar, com foco na sustentabilidade econômica e ambiental. Além de gerar renda para o pequeno produtor, o algodão colorido natural não necessita de tingimento, reduzindo a utilização de água e de produtos químicos no processo de obtenção do tecido.

“O cultivo do algodoeiro colorido é uma alternativa de geração de renda, especialmente para o agricultor familiar, mas para o sucesso da atividade é indispensável que os produtores estejam organizados, por exemplo, em uma associação”, orienta o pesquisador da Embrapa Agropecuária Oeste, Fernando Lamas.

Em Mato Grosso do Sul, o algodão colorido é uma das culturas do programa de geração de renda desenvolvido pela Associação da Escola Família Agrícola da Fronteira -  AEFAF formada principalmente por produtores do Assentamento Itamarati, em Ponta Porã, MS.  “Os produtores são associados à AEFAF, que além de prestar orientação técnica, cuida de um dos aspectos mais importantes do processo de produção de algodão colorido, a comercialização”, conta Lamas.

A AEFAF é associada à Cooperativa Justa Trama, que apoia o projeto, prestando capacitação aos produtores e beneficiadores da produção e assegurando a comercialização da fibra. A Justa Trama, compõe a maior cadeia produtiva no segmento de confecção da economia solidária articulando 600 cooperados/associados, em cinco estados: Rio Grande do Sul, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Ceará e Rondônia.

Algodão colorido - A Embrapa Algodão já lançou seis variedades de algodão colorido no mercado, em tonalidades que vão do verde claro aos marrons claro, escuro e avermelhado. A primeira cultivar foi a BRS 200 de fibra marrom claro, lançada no ano 2000. Em seguida, foram lançadas as cultivares BRS Verde, em 2003, BRS Rubi e BRS Safira, em 2005, de fibra marrom avermelhada. Em 2010 foi lançada a BRS Topázio, de coloração marrom claro. No ano passado, foi lançada outra variedade, chamada de BRS Jade, de fibra mais clara que a BRS Safira, porém mais produtiva e com maior qualidade de fibra.

As variedades de algodão colorido foram obtidas a partir do cruzamento de plantas de algodão branco de alta qualidade para a indústria têxtil com variedades silvestres de fibras coloridas (principalmente marrom e verde) existentes na natureza, mas com baixa fiabilidade.

Saiba Mais - A Tecnofam 2018 – “Tecnologias e Conhecimento para Agricultura Familiar” é uma realização da Embrapa em parceria com o Governo do Estado de Mato Grosso do Sul, por meio da Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro), da Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural (Agraer) e Fudems. O evento conta com apoio da Prefeitura Municipal de Dourados, da Associação de Produtores Orgânicos de Mato Grosso do Sul (APOMS), Sebrae, Senar, além de Ministério da Agricutura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), representado por 14 Unidades da Embrapa.
 

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink