Agronegócio

Citricultores de SP buscam retomar negociação de preço

Os citricultores tentarão retomar as conversas pelo menos com a Cutrale
Por: -Fernando Lopes
1 acessos
Continuam praticamente paralisadas, em São Paulo, as negociações entre citricultores e indústrias de suco de laranja sobre um reajuste emergencial de contratos de fornecimento da fruta para a produção da bebida. O Estado abriga o maior parque citrícola do país e responde por mais de 80% das exportações brasileiras de suco.


Nesse cenário, produtores ligados à Federação da Agricultura do Estado de São Paulo (Faesp) tentarão nos próximos dias retomar as conversas pelo menos com a Cutrale, maior exportadora de suco do país e do mundo. "Estamos juntando os cacos para ver o que sobra", disse Marco Antonio dos Santos, diretor da Faesp e presidente do Sindicato Rural de Taquaritinga. Segundo ele, a caixa de 40,8 quilos já sai por até R$ 14,50 no mercado spot e contratos de fornecimento com exclusividade para empresas seguem defasados.
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink