Citros/CEPEA: Baixa oferta de tahiti de qualidade eleva preços

Agronegócio

Citros/CEPEA: Baixa oferta de tahiti de qualidade eleva preços

Clima frio tem deixado parte da produção da tahiti amarela
Por:
643 acessos

As cotações da lima ácida tahiti começaram a subir no mercado interno, segundo pesquisadores do Cepea. O impulso veio do baixo volume de fruta de qualidade – o clima frio tem deixado parte da produção da tahiti amarela, de modo que a fruta não tem apresentado boa aceitação no mercado. Na semana passada, a tahiti teve média de R$ 7,47/cx de 27 kg, colhida, forte alta de 63% em relação à da semana passada. Quanto ao mercado de laranja, a procura pela fruta está reduzida, devido ao clima frio. Além disso, agentes consultados pelo Cepea acreditam que, com o aumento da oferta e a ausência de compras no spot, a cotação da fruta in natura tende a manter-se em baixos patamares. Na semana passada, a laranja pêra teve média de R$ 11,86/cx de 40,8 kg, na árvore, queda de 6,8% em relação à média anterior.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink