Clima derruba soja em Chicago, mas China salva
CI
Imagem: Pixabay
PREÇOS

Clima derruba soja em Chicago, mas China salva

Os dados semanais da CFTC mostraram que os Fundos estavam com 83.225 contratos líquidos de compra
Por: -Leonardo Gottems

As melhoras no campo climático dos Estados Unidos acabaram derrubando a soja na Bolsa de Chicago, mas as vendas para a China acabaram evitando quedas maiores nos preços, de acordo com informações da TF Agroeconômica. “Os futuros da soja caíram na sexta-feira, exceto por uma recuperação no final da sessão nos contratos de óleo de soja diferidos. O óleo de soja de setembro fechou 3 pontos abaixo, mas as outras posições mais próximas fecharam 29 a 31 pontos acima. Os futuros do farelo de soja fecharam com perdas de US $ 2,30 a US$ 3,50 nos primeiros meses”, comenta. 

“Quanto  à  soja,  a porção  da  tarde  teve  os  preços  se  recuperando  das perdas anteriores, mas os preços ainda estavam 2 1/2 a 3 centavos mais baixos no fim de semana. A posição de setembro fechou com uma perda de 8 1/4 centavos a  $  13,59  1/4  por  bushel  no  dia  de  vencimento  das opções.  O  USDA  relatou  outra  venda  de  exportação privada  por  importadores  chineses  de  129  mil toneladas de soja para entrega em 21/22”, completa. 

Os dados semanais da CFTC mostraram que os Fundos estavam com 83.225 contratos líquidos de compra em soja  em  24/08. “Essa  foi  uma  redução  de  13.954  contratos  para  a  posição  comprada  líquida,  impulsionada  por liquidação longa e novas vendas. Já os Commercials adicionaram mais posições compradas do que hedges vendidos, com uma redução de 15.749 em sua posição líquida vendida em 154.473 contratos em 24/08. No farelo de soja, os fundos  estavam  7.012  contratos  menos  líquidos  comprados,  impulsionados  principalmente  por  novas  vendas.  As posições  no óleo de soja também reduziram sua posição comprada ao  longo da semana,  embora  sua redução  de 2.108 contratos tenha sido impulsionada por mais liquidações longas do que cobertura vendida”, indica. 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.