Agronegócio

Clima implicará na menor safra mundial de trigo

A seca reduzirá a colheita da Austrália, dos Estados Unidos e da Ucrânia
Por: -Redação
1 acessos

A Austrália, a terceira maior exportadora mundial de trigo, manteve praticamente inalterada, em seu nível mais baixo dos últimos 12 anos, sua projeção para a safra, devido à seca. O País deverá produzir 9,7 milhões de toneladas de trigo, disse o Departamento Australiano de Economia Agrícola e de Recursos Naturais, em relatório divulgado ontem. Esse volume é 61% inferior à produção passada, de 25 milhões de toneladas, e deve ser comparado à projeção de 27 de outubro, que apontava para 9,5 milhões de toneladas.

Os preços do trigo aumentaram 53% este ano, puxados por preocupações de que a seca reduzirá a colheita da Austrália, dos Estados Unidos e da Ucrânia. A alta se deveu também ao aumento das compras do cereal por parte da Índia. A Austrália está examinando a possibilidade de importar grãos para ração, após a ocorrência da seca causada pelo El Niño - que deverá perdurar até 2007 - ter reduzido a produção de trigo.

"Foi o período mais seco de agosto a outubro desde 1900 em muitas áreas de plantio da Austrália", disse o diretor-executivo do departamento, Phillip Glyde.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink