Clima na Argentina não permite previsões concretas
CME MILHO (DEZ/20) US$ 3,782 (-0,26%)
| Dólar (compra) R$ 5,38 (2,78%)

Imagem: Pixabay

ANÁLISE DE CONSULTORIA

Clima na Argentina não permite previsões concretas

"É preciso ter cautela", diz consultoria
Por: -Leonardo Gottems
683 acessos

Atualmente, está muito seco em grande parte da Argentina, com poucas perspectivas de chuva em breve. Caso essa secura persista em setembro, isso pode desencorajar o plantio de milho e resultar em áreas adicionais de soja. Portanto, o clima na Argentina nos próximos 1-2 meses pode alterar as estimativas de área cultivada, informou a Soybean & Corn Advisor.  

Mesmo assim, a consultoria fez algumas estimativas e concluiu que a área cultivada com soja 2020/2021 na Argentina é estimada em 18,0 milhões de hectares, o que seria 0,4 milhão de hectares a mais que os 17,6 milhões de hectares plantadas em 2019/20 ou um aumento de 2,2%. A produção de soja 2020/21 na Argentina é estimada em 52,0 milhões de toneladas ou 2,0 milhões de toneladas a mais do que minha estimativa atual de 50,0 milhões de toneladas para a safra 2019/20, ou um aumento de 4%. 

“Uma palavra é cautela - a Argentina é um país muito difícil de estimar, porque existem várias estimativas de área cultivada e produção, incluindo: a Bolsa de Grãos de Buenos Aires, a Bolsa de Grãos Rosario, o Governo Argentino, o USDA e outros analistas privados. Infelizmente, todos têm uma estimativa diferente para a área cultivada e a produção. Portanto, esse é meu primeiro palpite na área da Argentina e há uma alta probabilidade de que essas estimativas mudem antes que tudo seja dito e feito”, comenta a consultoria. 

No caso do milho, a área cultivada com milho na safra 2020/2021 na Argentina é estimada em 6,0 milhões de hectares, ou seja, 0,2 milhão de hectares em comparação aos 6,2 milhões de hectares plantados no ano passado ou abaixo de 3,2%. A produção de milho 2020/2021 na Argentina é estimada em 48,0 milhões de toneladas, uma queda de 1,0 milhão de toneladas em relação à estimativa atual de 49,0 milhões de toneladas para a safra 2019/20 ou uma queda de 2,0%. 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink