Milho

Clima seco e demanda aquecida impulsionam preço do milho

Preços de milho subiram em praticamente todas as praças acompanhadas pelo Cepea, sobretudo nas consumidoras
Por:
750 acessos

Os preços de milho subiram em praticamente todas as praças acompanhadas pelo Cepea, sobretudo nas consumidoras. O impulso vem do maior interesse de compradores. Produtores consultados pelo Cepea, por sua vez, estão limitando as vendas, atentos ao clima seco, que pode prejudicar a segunda safra.

No Paraná, em Mato Grosso do Sul, Goiás e em partes de Mato Grosso, não chove há algumas semanas e a maior preocupação é que também não há previsão de chuvas para os próximos dias. Apenas no norte e oeste de Mato Grosso que precipitações ocorreram com maior frequência. Nessa sexta-feira, 4, o Indicador ESALQ/BM&FBovespa (Campinas – SP) fechou a R$ 40,43/sc de 60 kg, elevação de 3,71% frente ao dia 27 de abril.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink