CNA: VBP de frango e ovo deve ser quase um terço maior em 2012
CI
Agronegócio

CNA: VBP de frango e ovo deve ser quase um terço maior em 2012

O frango será o componente que mais deve contribuir para o aumento apontado para a avicultura
Por:
Campinas - Em novas projeções sobre o valor bruto da produção (VBP) agropecuária em 2012, a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) estimou que o VBP conjunto do frango e do ovo pode aumentar quase um terço em relação a 2011, passando (em valores reais) de cerca de R$33,7 bilhões para pouco mais de R$44,6 bilhões. Enquanto isso, boi e suíno verão seu VBP recuar em relação ao ano passado.

Como sempre, o frango será o componente que mais deve contribuir para o aumento apontado para a avicultura. Assim, enquanto o VBP do ovo tende a aumentar perto de 27,5%, o incremento no VBP do frango pode ficar em cerca de 33,5%.

A propósito desses estimados 33,5% de expansão, a CNA afirma que “o expressivo aumento de 30,8% nos preços do produto é o principal fator a contribuir com o incremento observado”. E conclui sua análise sobre o desempenho do frango comentando que “o aumento de custo de produção, puxado pela alta do milho e da soja, tem feito com que os produtores reduzam a produção de aves e, consequentemente, há uma queda de oferta de produto no mercado”.

Tudo indica, porém, que essa redução não foi levada em conta nas projeções efetuadas. Pois, conforme a tabela abaixo, a CNA manteve a estimativa anterior de aumento de 2% na produção de carne de frango de 2012, enquanto o próprio setor avícola aponta queda de até 10% no volume produzido. Portanto, o VBP do frango tende a ser menor que o projetado.

Mas não só por isso. Pois, partindo-se do princípio de que os preços levantados referem-se a animais vivos (o estudo da CNA se refere aos produtos agropecuários “da porteira para dentro”), constata-se que os preços do frango vivo estão superdimensionados – situação que se aplica também ao ovo, mas não alcança, por exemplo, boi e suíno.

É questionável, por fim, a sinalização de que o preço médio do produto deve aumentar 30,8% no corrente exercício. Porque, simplesmente, transcorridos mais de 265 dias de 2012 (faltam menos de 100 dias para o encerramento do ano), o ganho nominal em relação ao mesmo período de 2011 é igual a “zero”. Isso mesmo: a cotação média do frango vivo neste ano (primeiro dia útil de janeiro até ontem, 25 de setembro) é de R$1,87/kg, exatamente o mesmo valor, sem tirar nem por, registrado há um ano, em idêntico espaço de tempo. Ou seja: é impossível uma valorização da ordem de 30% nos poucos mais de três meses faltantes para o fim de 2012.

 

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink