CNA mostra novos hábitos de consumo de produtos lácteos na pandemia

Imagem: Marcel Oliveira

LÁCTEOS

CNA mostra novos hábitos de consumo de produtos lácteos na pandemia

CNA promoveu uma transmissão ao vivo para debater os novos hábitos de consumo de produtos lácteos em meio à pandemia
Por:
93 acessos

A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) promoveu uma transmissão ao vivo, na terça (23), nas redes sociais para debater os novos hábitos de consumo de produtos lácteos em meio à pandemia do novo coronavírus.

O presidente da Comissão Nacional de Bovinocultura de Leite da CNA, Ronei Volpi, destacou a atuação dos setores privado e público para não haver interrupção ao longo da cadeia do agronegócio, garantindo o acesso aos alimentos.

“A pandemia nos trouxe diversas incertezas, entre elas a preocupação dos consumidores em relação a uma possibilidade remota de desabastecimento de produtos lácteos no País. Isso rapidamente se reverteu graças à ação conjunta de representantes do setor produtivo e de órgãos públicos para garantir a continuidade da produção de alimentos e o abastecimento da população”.

Entre as tendências de consumo, o presidente da Associação Brasileira de Indústria de Alimentos, João Dornellas, apontou que as experiências de compras online de alimentos pré-prontos para finalização do preparo em casa é uma das tendências de consumo.

“Além disso, as pessoas estarão ainda mais atentas em saber a origem dos alimentos que consomem. Para os produtores rurais brasileiros isso não é uma preocupação, pois já adotam boas práticas de produção e de fabricação de alimentos seguindo elevados padrões de qualidade. Exemplo disso é que o Brasil exporta alimentos para mais de 180 países”.

Durante a live a editora chefe da Revista Leite Integral e Idealizadora do Movimento Beba Mais Leite, Flávia Fontes, reforçou que a busca dos produtores de leite pela diferenciação de seus produtos, como a certificação, pode ajudar no fortalecimento e saída da crise.

“Os produtores de leite precisam estar atentos a isso, pois acreditamos que a retomada para o setor no período pós-pandemia será muito boa, inclusive com expectativa de crescimento. Além disso, os produtos lácteos são essenciais e saudáveis, então é importante os produtores ficarem preparados para esse momento”.

Para rever a live, clique no link.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink