CNA quer menos lesões no campo

Agronegócio

CNA quer menos lesões no campo

A intenção é levar orientações aos produtores de todo o Brasil
Por:
3243 acessos
A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) lançaram o programa Trabalho Decente - Educação Postural. O objetivo é conscientizar os trabalhadores sobre a importância da postura correta na lida do campo. Conforme o secretário executivo do Senar, Daniel Carrara, a intenção é levar orientações aos produtores de todo o Brasil por meio de material didático e da rede de 4 mil instrutores técnicos do Senar. "São coisas simples, do dia a dia, como exercícios e alongamentos, mas que, na maioria das vezes, não são observadas nem por trabalhadores urbanos." Segundo ele, a iniciativa é pioneira e foi destaque em encontro no início deste mês, em Turim, na Itália.

Para ensinar técnicas de prevenção de lesões e acidentes, CNA e Senar pretendem aproveitar parte da carga horária de cursos de capacitação oferecidos pelas entidades. Serão trabalhadas as dez atividades mais demandadas no meio rural, como ordenha manual, aplicação de agrotóxicos, plantio, poda, condução de tratores e carregamento de carga.

As lesões por esforço repetitivo são os problemas que mais afastam os trabalhadores de suas atividades, de acordo com a fisioterapeuta e uma das coordenadoras do projeto, Cláudia Rolim. Dados do Ministério da Previdência indicam que a concessão do auxílio doença acidentário para trabalhadores rurais tem aumentado nos últimos anos. Em 2009, o benefício foi concedido a 25.797 pessoas em todo o país, contra 19.902 em 2008, 14.623 em 2007 e 7.590 em 2006

A iniciativa é vista com bons olhos pelo assessor do departamento de Assalariados da Fetag, Eloy dos Santos Leon. Contudo, destaca que o programa só trará resultados significativos se houver mais investimento na qualificação da mão de obra, que é considerada a principal deficiência. "É interessante, mas é preciso investir e dar oportunidade."

DICAS DE POSTURA

Adote a postura correta ao se levantar e abaixar;

Pratique exercícios durante pequenos intervalos;

Sente-se sempre sobre o quadril, nunca sobre a coluna;

Passe a ter o hábito de espreguiçar-se algumas vezes ao dia, pois é um ótimo alongamento.

Atividades críticas:

Tratorista;

Aplicação de agrotóxico;

Poda;

Colheita manual;

Capina;

Ordenha manual;

Plantio;

Trabalho com eqüinos;

Fontes: CNA/Senar

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink