Cocamar alerta que boa safra não desfaz dificuldades
CI
Agronegócio

Cocamar alerta que boa safra não desfaz dificuldades

Para Lourenço, a safra em andamento não será o bastante para resolver todos os problemas do campo
Por: -Sandra

Depois de dois anos de dificuldades, marcados por estiagens e preços baixos que sequer cobriram os custos de produção da soja, conforme afirma o presidente da Cocamar, Luiz Lourenço, o agricultor está, enfim, colhendo uma boa safra.

Para Lourenço, por melhor que seja, a safra em andamento não será o bastante para resolver todos os problemas do campo. Afinal, o passivo que ficou dos últimos anos (a dívida do agronegócio com fornecedores e bancos passaria de R$ 30 bilhões), rolado para ser pago em um futuro próximo, não permite que se afrouxe o cinto. É preciso continuar produzindo bem nas próximas safras não só para recompor as reservas exauridas em tempos difíceis, como também para sobreviver da atividade e planejar os indispensáveis investimentos em tecnologias.

Lourenço explica que a equação não é simples. Se de um lado os compromissos financeiros pesam sobre a cabeça do agricultor, tirando-lhe o sono, de outro ele depende de chuva na hora certa para que sua lavoura cresça e também de uma série de fatores favoráveis para produzir bem.

Além do fator tempo, diz ele, é preciso que o agricultor conte com maior respaldo por parte do governo federal, sobretudo no que refere à destinação de recursos em volumes suficientes para custeio e comercialização das safras, além de sensibilidade para levar a bom termo a delicada questão das dívidas, estabelecendo mecanismos que possibilitem o seu pagamento. Outra preocupação é com o câmbio, que tem afetado – e muito - a competitividade dos produtos brasileiros.

Não fosse pelo sistema cooperativista, o produtor paranaense, cuja maioria é formada de pequenos e médios proprietários, com certeza uma parte significativa deles já teria abandonado a atividade. As informações são da assessoria de imprensa da Cocamar.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink